Missionários retornam a MadagáscarMissionários retornam a Madagáscar

Missionários retornam a MadagáscarMissionários retornam a Madagáscar

Comunicados da Imprensa

O presidente Raymon D. Foote, presidente da Missão Madagáscar, e a sua esposa, irmã Cindy Foote, deram recentemente, boas-vindas aos primeiros missionários que retornaram a Madagascar. Os missionários estão de volta ao trabalho após uma ausência de cerca de 3 meses.

 

Em outubro de 2017, um surto de praga exigiu uma redistribuição urgente de todos os missionários que serviam em Madagáscar. A diretriz de transfência dos missionários deu ao presidente Foote 4 dias para que os missionários saíssem do país. Iniciou-se uma coordenação mundial entre a sede da Igreja em Salt Lake City e as missões ao redor do mundo. Com um extraordinário esforço, a cooperação dos presidentes de missão em todo o mundo e a benção do Senhor, todos os missionários estavam fora do país dentro dos quatro dias.

O presidente Foote disse que havia alguma preocupação com a interrupção do serviço missionário que podia causar problemas com o desenvolvimento de habilidades de ensino, oportunidades de liderança e de nutrir as pessoas na família do evangelho. No entanto, o presidente Foote indica que os missionários estão a retornar tendo tido as bênçãos de ensinar, de trazer as pessoas para a igreja e de terem sido líderes durante o periodo da sua redistribuição. Ele diz: "São agora, missionários mais fortes, cheios de entusiasmo e gratidão por estarem de volta". O presidente Foote diz aos seus missionários: "Pensem em quão felizes vocês estão por estarem de volta e quão felizes os seus pesquisadores e membros devem estar por terem vocês de volta e então pensem em quão felizes as pessoas que vocês vão trazer para a igreja serão no futuro". O trabalho em Madagáscar está a avançar com o maior entusiasmo e com a fé que o Senhor está a abençoar o trabalho.

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.