A conexão do Presidente Russell M. Nelson com a Área África Sudeste

A conexão do Presidente Russell M. Nelson com a Área África Sudeste

Comunicados da Imprensa

Em 1985, como um novo membro do Quórum dos Doze Apóstolos, o Élder Russell M. Nelson recebeu uma designação do Presidente Ezra Taft Benson para supervisionar o trabalho da Igreja na Europa Oriental e em África. Desde 1985, o Presidente Nelson visitou muitos dos países da Área África Sudeste, incluindo Madagáscar, Malawi, Namíbia, Zâmbia, África do Sul, Moçambique, Tanzânia, Uganda, Etiópia, Quênia e Zimbábue. Cinco desses países foram dedicados à pregação do evangelho pelo Élder Nelson. A Namíbia e a Zâmbia foram dedicadas em 1992, a Tanzânia e a Etiópia em 2003 e o Malawi em 2011.

             
               

Durante a sua visita à Tanzânia em 2003, onde dedicou o país para a pregação do evangelho, nessa altura ainda Élder Nelson, disse: “O Senhor honra as bênçãos de Seus servos…Quando uma oração de dedicação vem, as bênçãos se seguirão. Uma oração dedicatória determina a direção, mas o poder vem de vocês, membros e líderes da Igreja ... O Senhor estabelecerá uma Igreja aqui devido aos vossos esforços. ”

Em 2011, o Élder Ronald A. Rasband, na altura, da Presidência dos Setenta, acompanhou o Élder Nelson ao Malawi. O Élder Rasband disse: “Durante a viagem, uma escritura vinha-me à mente. Essa escritura encontra-se em Doutrina e Convênios 107:35: “Enviando-se os Doze, que possuem as chaves, para abrirem a porta pela proclamação do evangelho de Jesus Cristo”. Fomos literalmente capazes de testemunhar esse versículo em ação quando o Élder Nelson dedicou o país, Malawi… ”

O número de membros da Igreja cresceu drasticamente entre 1985 e 2018. Há mais de 210.000 membros na Área da África Sudeste e mais de 560.000 membros em toda a África. Em abril, o Presidente Nelson disse aos membros da Igreja em Quênia: “Os membros no continente africano é quase a mesma de toda a Igreja quando eu era um jovem”.

          

Uma bênção especial do crescimento da Igreja são os templos. O Templo de Joanesburgo, África do Sul, foi dedicado em 1985, o ano em que o Élder Nelson recebeu a tarefa de supervisionar o trabalho em África. Mais quatro templos na Área África Sudeste estão em construção ou foram anunciados. O Kinshasa, o Templo da República Democrática do Congo e o Templo de Durban, África do Sul, estão em construção e serão dedicados em breve. Dois templos adicionais foram anunciados, mas a construção ainda não começou. Um templo em Harare, Zimbábue e um templo em Nairobi, em Quênia.

 

Em abril de 2018, o Presidente Nelson disse aos santos em Nairóbi: “Nossa mensagem para o mundo é que Jesus é o Cristo e que Seu modo de vida é o caminho da alegria e felicidade, não só nesta vida, mas na vida futura”. A influência do serviço do Presidente Nelson e o seu testemunho do Salvador são uma bênção hoje e serão para as gerações futuras, na Área da África Sudeste.

Observação de Guia de Estilo:Em reportagens ou notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por favor utilize o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome da Igreja, procure on-line pelo nosso Guia de Estilo.